Namoro cristão: Tudo que um evangélico precisa saber

Namoro cristão é o relacionamento entre duas pessoas do sexo oposto e deve seguir os princípios bíblicos sobre relacionamento. A prioridade da união é aproximar o casal para futuramente se casarem na igreja com as bênçãos de Deus e seus familiares.

Parece ser simples lendo assim, sabemos que existem todos os tipos de conselhos por aí sobre namoro, mas muito disso é sobre namoro no mundo, em vez de namoro cristão. Os cristãos precisam ter uma atitude diferente em relação ao namoro.

No entanto, mesmo entre os evangélicos, existem diferenças quanto ao tempo e modo certo para isso. A escolha sempre será sua e de seus pais, mas os jovens cristãos ainda devem conhecer a perspectiva de Deus sobre namoro.

Descrentes têm uma perspectiva diferente sobre namoro. Você vê as revistas, programas de TV e filmes que dizem como você é jovem, e deve sair com muitas pessoas antes de se casar. Você vê certos "modelos" de pessoas que pulam de um relacionamento para outro constantemente e isso para muitos é normal hoje em dia.

Todavia, Deus tem mais para você do que apenas pular de um relacionamento para outro. Ele é claro sobre quem você deve namorar e por que você deveria namorar. Quando se trata de namoro cristão, você vive de acordo com um padrão diferente - o de Deus. Porém, não se trata apenas de seguir as regras. Existem algumas razões sólidas pelas quais Deus nos pede para viver de uma certa maneira, e namorar não é diferente.

Namoro evangélico

É claro que o melhor conselho de namoro cristão para qualquer pessoa é encontrado lendo a Bíblia. Não existe um "conselho de namoro" em si, mas como cristãos é nosso objetivo aplicar a sabedoria bíblica a todas as situações em que nos encontramos. Tente honrar a Cristo, seja sábio e não se case com um incrédulo(a).

O que a Bíblia fala sobre namoro cristão?

É evidente que a maioria das pessoas tem opiniões diferentes sobre esse assunto específico, e na Bíblia não há muita informação a respeito. Entretanto, os jovens cristãos podem ter uma ideia das expectativas de Deus a partir de certos versículos das Escrituras:
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne. (Gênesis 2:24)
Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. (Provérbios 4:23)
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1ª Coríntios 13:4-7)
Estas três escrituras dão uma visão sobre como o amor é importante e a base de um namoro cristão. Precisamos perceber que Deus quer que você conheça a pessoa que vai se casar. De acordo com o livro de Gênesis, um homem sairá de casa para se casar com uma mulher para se tornar uma só carne, ou seja, você não precisa namorar muitas pessoas - apenas a pessoa certa.

Além disso, os jovens cristãos precisam guardar seus corações. A palavra "amor" é dita por muitos sem o devido valor que ela merece. Contudo, muitas vezes vivemos por amor. Nós vivemos pelo amor de Deus em primeiro lugar, mas também vivemos pelo amor dos outros. Embora existam muitas definições de amor, 1ª Coríntios nos diz como Deus define o amor.

É o amor que deve motivar o namoro, mas não deve ser a versão superficial do amor. Quando namorar, deve levar a sério. Você precisa conhecer a pessoa que você está namorando e conhecer suas crenças.

É na fase da aproximação que você pode explorar se existe um propósito divino que os conecte. Lembre-se que este estágio é apenas para fins informativos, então converse muito! Seja amigo(a) e desfrute de uma conexão platônica. Eu recomendo fortemente que você faça perguntas diretas e não esconda quem você é.

Não há perguntas íntimas neste estágio, ótimas perguntas a serem feitas incluem:
  • Você está ciente de seus próprios pontos fortes e fracos? 
  • Você conhece o seu propósito único como um cidadão do Reino? 
  • Qual é a sua dinâmica familiar atual? 
  • Quais seus gotos pessoais?
Faça inúmeras perguntas e não tenha vergonha disso, a melhor maneira de conhecer alguém é perguntando sobre ela.

Homens, tenha em mente que você está procurando por uma ajuda (veja Gênesis 2:18) - uma mulher que pode ajudar a construir um lar abençoado, que pode ajudá-lo a cumprir seu propósito e destino e assim por diante.

Mulheres, tenha em mente que o seu papel principal é ser uma ajudadora para o seu marido. É bom refletir sobre se você está preparada para fazer voluntariamente o sacrifício diário para se submeter dessa maneira a outra pessoa. Por isso, é aconselhável encontrar um cristão que seja, no mínimo, espiritualmente maduro o suficiente para se casar com você.

Atenção: Embora o seu corpo e imaginação possam ser estimulados pela outra pessoa, não permita que suas emoções controlem você. É importante começar a praticar, nesta fase de conhecimento, a submissão da sua carne e a elevação espiritual.

Você deve checar seu namorado(a) em potencial com os valores listados em 1ª Coríntios. Pergunte a si mesmo se vocês dois são pacientes e gentis com os outros. Você tem inveja de alguém? Vocês se gabam para outras pessoas? Percorra as características para medir seu relacionamento.

Posso namorar alguém que não é cristã?

Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas? (2 Coríntios 6:14)
A Bíblia nos adverte seriamente sobre o namoro com descrentes. Por que se envolver emocionalmente com alguém com quem você não deveria se casar? Isso não significa que você não possa ser amigo dessa pessoa, longe disso, mas você não deve namorar com ela.

Isso também significa que você deve evitar o famoso "namoro missionário", que está namorando um descrente na esperança de que você possa convertê-lo. Suas intenções podem ser nobres, mas os relacionamentos raramente funcionam. Alguns cristãos chegaram a se casar com descrentes, na esperança de que eles possam converter seu cônjuge, mas muitas vezes os relacionamentos acabam em desastre.

Portanto, certifique-se de namorar apenas aqueles que compartilham suas crenças. Caso contrário, você pode achar que seu relacionamento é uma luta e não uma alegria.

Tenha cuidado com o namoro sem propósito. Deus nos chama para amar uns aos outros, mas a escritura é clara que Ele nos pede para sermos cuidadosos. Enquanto o amor é uma coisa linda, o rompimento de relacionamentos é difícil.

Há uma razão pela qual eles chamam de "coração partido". Deus entende o poder do amor e o dano que um coração partido pode causar. É por isso que é importante que os jovens cristãos realmente orem, conheçam seus corações e ouçam a Deus quando decidirem namorar.

Existem regras pro namoro cristão? 4 dicas importantes para os pais

Muitos pais estabelecem regras para seus filhos sobre o namoro evangélico. Embora a definição de regras seja uma boa ideia, é importante que os pais pensem bem nessas regras antes de implementarem.

Os pais precisam saber por que estão estabelecendo as regras e também precisam discutir abertamente sobre isso com seus filhos. Aqui estão algumas das regras de namoro cristão mais comuns e como elas podem ser usadas de forma mais eficaz para orientar os adolescentes no mundo do namoro:

1 - Idade para namorar

Você como pai ou mãe até pode definir uma idade na qual a maioria dos jovens tenham um bom nível de maturidade e seja capaz de pensar de forma independente. Ainda assim, nem todos amadurecem na mesma proporção, por isso, mesmo que seu filho chegue a essa idade estipulada, talvez ele ainda não consiga lidar com isso.

A Solução é tentar usar uma idade como uma idade de "revisão". Diga ao seu filho que você vai falar sobre namoro quando ele ou ela tiver essa idade pré definida por você. Quando chegar o momento você poderá sentar e conversar para ver se o seu filho(a) está pronto.

2 - Namorar um cristão não é a solução

A Bíblia diz que os cristãos devem estar ligados a outros crentes. Se um jovem está namorando outro cristão, há uma maior probabilidade de que ele permaneça abstinente e apoie um ao outro. Mas isso não é tudo, algumas pessoas dizem que são cristãs, mas não são necessariamente divinas em suas ações.

Ter essa somente essa regra para eu filho pode gerar atividades mentirosas e inapropriadas. Conheça muito bem com quem ele está se relacionando e acompanhe de perto sua ações, assim saberá se elas condizem com o que diz.

3 - Estar juntos só em locais públicos

Namoro evangélico que ocorre em locais públicos impede a tentação da carne, evitando que aconteça algo que fuja dos princípios bíblicos. Só que isso não garante necessariamente que as pessoas em torno deles irão ter responsabilidades sobre o que estão fazendo.

Existem várias soluções para esse problema, mas só uma realmente funciona, pois você pode tentar estar no local onde eles se encontram. Você também pode exigir que o encontro aconteça em locais onde outros cristãos estarão presentes. Mas a solução é real é ter a plena certeza que seu filho(a) está totalmente maduro(a) mentalmente e espiritualmente para se relacionar com outra pessoa.

4 - Sexo só depois do casamento

Você deve deixar claro para seu filho que o sexo só pode acontecer após o casamento. Mas lembre-se que exigir que seu filho espere até o casamento para ter relações sexuais sem explicar por que pode sair pela culatra. Muitos pais só falam que fazer isso é errado e esquecem de explicar baseado na Bíblia.

Passe algum tempo discutindo sexo com seu filho para que ele ou ela entenda por que Deus quer que os jovens esperem até o casamento. Ter uma compreensão clara de por que eles devem esperar pode ajudá-los a tomar melhores decisões durante o namoro evangélico.

Sexo só depois do casamento

Vivemos em um mundo onde o sexo é visto em todos os meios e os preservativos estão sendo distribuídos nas escolas, mas assim como seria imprudente ir para churrascaria fazendo dieta, também é insensato fazer sexo com alguém que não seja sua esposa.

Por quê? Há toneladas de razões práticas e de senso comum que têm consequências significativas. Algumas conseqüências incluem lidar com a possibilidade de gravidez, adquirir ou compartilhar uma doença sexualmente transmissível, e o mais subestimado - mas possivelmente o mais impactante - são as questões emocionais com as quais os jovens sexualmente ativos lutam e levam para o casamento.

A Bíblia diz que sexo antes do casamento é pecado? SIM!

Embora você não encontre aquela frase específica usada na Bíblia, ela fala repetidamente sobre "imoralidade sexual" ou "pecados sexuais". Essas referências ao sexo estão falando sobre qualquer atividade sexual fora do casamento, então se você está fazendo sexo (ou pensando em fazer sexo) sem ser casado, Deus quer que você pare agora mesmo. Confira e leia alguns versículos que falam obre isso:

Deus não está reprimindo a relação sexual. Ele projetou para ser tão intenso, tão excitante, tão memorável, tão divertido (!) Que Ele quer que compartilhemos com uma pessoa: nossa futura esposa ou marido. Então, se você ainda não fez sexo, continue esperando - você ficará feliz por ter feito isso!

Esperar sempre vale a pena, mas não pelas razões que pensamos

Costumamos dizer a homens e mulheres jovens que eles precisam esperar até o casamento para desfrutar do sexo, mas não conseguem dizer por quê, ou fazê-los pensar que a virgindade é a única chave para uma vida sexual satisfatória na noite de núpcias. Mas nenhuma dessas coisas são as razões que esperamos.

Nós esperamos porque, através do processo de espera, nosso relacionamento é construído, nossa confiança é fortalecida e nosso compromisso com o outro é experimentado, testado e refinado.

Esperamos porque, através do processo de espera, aprendemos disciplina, autocontrole, reverência pelo sagrado. Nós esperamos porque é um ato de adoração e obediência, para um Deus que sabe exatamente como estamos conectados, o que precisamos e o que é melhor para nossas vidas.

Nossa espera é um ato de confiança, e confiar em Deus sempre leva a coisas maiores. Nós esperamos, não por causa do que ele fará por nós, mas por causa do que fará dentro de nós.

Conclusão

Não importa onde você esteja no "mundo do namoro", lembre-se de que não existe uma lista de regras para o "Namoro Cristão", apenas são cristãos que namoram.

É hora de tirar a pressão de tentar namorar "biblicamente" e, em vez disso, ver a totalidade de nossas interações com os outros como uma oportunidade de nos conectarmos com Deus, nos tornando pessoas melhores.

Se você for um verdadeiro cristão o seu namoro também será. Leia várias vezes esse conteúdo e os versículos que aqui foram passados e tire suas próprias conclusões. Eu tentei trazer um bom material para você ter uma boa base sobre esse assunto.

7 COISAS SÉRIAS PARA CONVERSAR ANTES DE NAMORAR

A Alana Gabriele também fala um pouco sobre esse assunto nesse vídeo, da uma conferida:

Compartilhe